Muitos adereços tecnológicos que aparecem em filmes da cultura pop enraizaram no imaginário coletivo como algo improvável ou fictício. Entretanto, essa fantasia está prestes a se tornar algo real.

Recentemente, O Fórum Econômico Mundial concluiu que estamos muito próximos de uma 4ª Revolução Industrial. E que isso incluirá mudanças imensas dentro da tecnologia.

Vendo esse eminente cânone, é possível prever 9 habilidades necessárias para acompanhar essa mutação tecnológica. Confira:

1 – Flexibilidade de cognição

É literalmente praticar uma ginastica mental. A flexibilidade cognitiva diz a respeito de quão eficiente, rápido e proativo você consegue ser. Ou seja, praticar essa característica lhe trará ideias genuínas. Se você não se enquadra no nicho de criativo, esse é o momento de sair da zona de conforto e tentar aprender um instrumento musical ou dança. A ideia é fugir da zona de conforto.

2 – Orientação a serviços

A tecnologia trouxe uma característica que é tanto vantajosa quanto desvantajosa. Esse caráter se trata do imediatismo perante às mudanças rotineiras. Por isso, futuramente, será necessário alguém que esteja sempre tentando prever e antecipar sobre a mudança de valores de seus consumidores.

3- Julgamento e tomada de decisão

Em um futuro próximo, o aumento de informações e dados será deveras intenso. Por isso, muitos deles serão acumulados no banco de dados das empresas. Será necessário alguém que saiba filtrar os números e gerar percepções importantes para o funcionamento da empresa.
Para treinar essa nova habilidade, trabalhe sua confiança em dados. Primeiramente, descubra quais perguntas ou problemas você deseja solucionar. A longo prazo, estude ferramentas que te ajudem na interpretação dessas informações. Faça do Excel seu melhor amigo.

4 – Inteligência emocional
Em uma pesquisa dentro de Recursos Humanos de empresas apontou que de forma geral, habilidades como persuasão, inteligência emocional e habilidade didática são as mais respeitadas dentro das indústrias. A inteligência emocional não apenas nos ajuda em como lidar com os desafios diários como também nos ajuda a enxergar as situações com mais clareza. O que pode ajudar no item anterior.

5 – Coordenação com os outros
Além da inteligência emocional, algumas empresas apontaram que habilidades sociais se tornarão tendência. Ou seja, muitos empreendedores colocarão ênfase em habilidades interpessoais e funcionários que têm uma boa relação com os demais.

6 – Gestão de pessoas
Não há nada mais valioso para uma empresa do que o seu trabalhador. Ainda mais que isso, um trabalhador feliz e saudável. Por isso, no futuro, será preciso que gerentes e líderes saibam trabalhar de forma eficaz as motivações de suas equipes, maximizando a produtividade. Ou seja, tente trabalhar a habilidade de gerir crises e liderar grupos.

7 – Criatividade
Com a evolução das ferramentas de trabalho, muitos serviços se tornarão automatizados. Com isso, os trabalhadores deverão desenvolver habilidades criativas para reinventar o mercado. Agora é o momento de criar hábitos para fomentar a criatividade praticando a autoexpressão e curiosidade.

8 – Pensamento crítico
Segundo essa pesquisa do Fórum, ser uma pessoa que pensa de forma crítica será uma qualificação valorizada nos próximos anos. Sabe de onde surge esse tipo de pensamento? Trabalhando a lógica e raciocínio. O pensamento crítico é a capacidade de usar a lógica e o raciocínio para estudar e analisar uma questão ou problema.

9 – Resolução de problemas complexos
Essa habilidade é praticamente a junção de vários itens dessa lista. Em suma, se trata de ter uma elasticidade mental para resolver questões e problemas nunca vistos antes. Ao trabalhar todas essas habilidades citadas aqui, solucionar problemas é algo que se tornará natural com o tempo.

Os tempos de inovação finalmente começaram! Procure adquirir as habilidades (ou melhorá-las caso as tenha) e prepara-se para o futuro, ele finalmente chegou.